instagram facebook spotify

E Ainda Fevereiro.


Fevereiro é mês para…

  • Fotossíntese de amor. Ir em busca desse gostar de nós, num respeito sem vergonhas, multiplicando essa forma boa de nos tratarmos bem. Leva tempo, às vezes anos, às vezes uma vida a dar tempo e espaço para se gostar dos detalhes de quem somos. Logo a seguir, os outros… isto, se eles o quiserem.

 

  • Amar os outros. Amar os outros, partindo dessa história de gostar, também desses outros e não apenas de nós. Escutá-los e perceber o que dizem, o que pensam, o que sentem.

 

  • Olhar para o roupeiro e vestir roupas que achávamos que não, só porque há outras tantas novas, que sim. Antes das novas, dar novo uso ao que por lá está, obrigando a mente e os olhos a vestir roupagens diferentes dos nossos dias, sendo que a roupa é também uma metáfora para a reinvenção necessária, de vez em quando, de nós próprios.

 

  • Fazer delete a gente que não nos fazem bem, locais onde não fomos felizes e comidas que nos toldam os pensamentos. Já chega.

 

  • Não esquecer que, sendo fevereiro o mês, logo a seguir aquele outro, em que todas as esperanças, vontades e certezas eram uma verdade, relembrar porque as formulamos e prolongar essas mesmas verdades, pelos restantes 10 meses do ano. Aquela esperança que muitos apenas sentem nos dias 1, 2 e 3… renová-la todos os dias, até ao próximo novo ano.

*Ana Bela Lopes, autora do Blog Penso Rápido, é psicóloga e mostra-nos uma forma diferente de nos encontrarmos “vestindo a capa” de qualquer personagem que pretendamos assumir, para lidarmos com a nossa vida e as nossas emoções.

Tweet about this on TwitterShare on Facebook